Casa e decoração: dentro da redoma de vidro

- Casa e decoração

joliplace.com

Passamos hoje para dar mais uma dica de decor. É rapidinho, não vai doer. Se curte coisas do lar, continue lendo esse post. Hoje o assunto são as redomas ou cúpulas de vidro. Elas estão em alta, principalmente por conta de um certo filme que está na telona. Uma história de amor, das improváveis, mas que povoa o imaginário infantil e nos encanta na fase adulta. Adivinhou o filme? Não!?

Darei outra pista: visualize a imagem abaixo. Concentre-se. Você está entrando em um mundo de fantasia e imaginação. Brincadeira, vai!

Creio que já deu para adivinhar a que filme me refiro. Mas, ele não é o tema desse post. A nossa personagem central é a  BELA  redoma de vidro. Ela sim é a protagonista desta história.

E como são lindas quando usadas para adornar a casa! Desde que se saiba combiná-las com os objetos certos, fazem a diferença em qualquer ambiente. As imagens escolhidas para ilustração transmitem, ao mesmo tempo, simplicidade e sofisticação.

1 – O efeito das leds nas cúpulas de vidro é de encher os olhos. 2 – Ih, a lâmpada queimou…Jogou fora? Eu se fosse você pensaria duas vezes antes de descartá-las. 3 – Aí você pensa assim: dá para ser mais criativo? Criatividade aqui é mato, minha gente! Olha essa cúpula no estilo geek. 4 –  A delicadeza também tem seu espaço. Coisa linda! 5 – E não parece um aquário? Simplicidade e beleza juntas é sucesso! 6 – Ah, as suculentas e seu charme. Sou suspeita para comentar.

Uma cúpula e ideias mil na cabeça. Solte a imaginação e dê um estilo novo em sua casa.

Até a próxima.

 

Acompanhe-nos em nossa redes sociais:

Facebook * Twitter * Google Plus * Pinterest

Modos de usar: botas

- Modos de Usar

www.trendencias.com

Amo as botas e os seus muitos modelos. Das botas de canos curtos às over-the-knee, só não vale apertar.  As de cor marrom são as minhas principais queridas. E as brancas? Já nem mais são tabus.  Enfim, são tantas  as combinações a permitir a criatividade nas variações de uso que só posso pensar no quanto as botas ajustam-se a quem sabe passar. Servem muito bem nos bons ou nos maus tempos e calham com a alma de quem manja como deixar o corpo confortável com a vida nem sempre dócil e muitas vezes pontuda. Embora sejam do chão, gostam de uma brincadeira de vez em quando: de pernas pro ar, criando asas para alcançar as alturas.

Com os passos de quem sabe com quem anda e para onde vai.

Carregando a vida nos ombros com a habilidade equilibrista de captar as vibrações presentes no ar e de pressentir as quedas riscadas no chão.

Com o prazer do hoje, somente o hoje. Nada mais que a eternidade do agora.

Marchando, mas sem perder a trilha sonora.

Veja em nosso pinterest mais looks inspiradores.

 

Acompanhe-nos em nossa redes sociais:

Facebook * Twitter * Google Plus * Pinterest