Barulhinho Bom: Os Jackson’s

- Barulhinho Bom

MIchael-and-Janet

Janet e Michael Jackson. Irmãos. Artistas performáticos e talentosos.

Que os Jackson’s são, desde tenra idade, uma máquina de fazer sucessos já é sabido por todos. É dom. Vem de família. Assim como as polêmicas envolvendo o clã também. Mas, deixemos esse assunto para os tablóides sensacionalistas.

O nosso papo aqui é outro. E chama-se talento.

Ele, inegavelmente, o maior artista pop de todos os tempos.

Ela, a irmã que conseguiu sair da sombra do irmão e mostrar o seu valor. É perceptível o quanto Michael influenciou a carreira de Janet. Embora jamais tenha conseguido alcançar os números estratosféricos do irmão, em termos de vendas e popularidade, conseguiu imprimir a sua marca no cenário musical.

Michael, confesso, é figurinha fácil em minhas playlists. Dia desses, assistindo ao clipe de um e outro no YouTube  pensei: “Isso dá um post”.

Voltemos então a 1989. Janet lança seu quarto álbum intitulado Janet Jackon’s Rhythm Nation 1814. A faixa Love Will Never Do (Without You)torna-se um sucesso.

tumblr_lybvlzeHFe1r1iaulo1_250

A cantora surge, despojadamente poderosa, vestida  de  calça jeans e top preto ao lado de belos modelos que ostentam físicos invejáveis. Não dá para identificar qual é o cenário, mas passa para quem assiste a sensação de que estão em um local ermo, isolado. A câmera filma, em ângulo fechado, focando no belo rosto da cantora e nos corpos dos rapazes.

A fotografia, em preto e branco, acrescenta charme ao clipe.  Os movimentos corporais são concebidos para seduzir quem assiste. E para isso, Janet conta com a participação dos belos Djimon Hounsou e Antonio Sabàto Jr

Avancemos para 1992, ano do lançamento do clipe da música “In the closet“, uma das faixas do álbum “Dangerous” de Michael.  A performance no vídeo conta com a participação especial de Naomi Campbell, a top model do momento na época. E ainda hoje considerada uma das maiores do mundo.

O clipe, por coincidência, se passa em um local árido, desértico. A fotografia assume tom sépia, se posso dizer assim. E nesse cenário, MJ demonstra porque é o melhor. O plano de gravação da câmera, em aberto, foca na sensualidade dos movimentos de dança milimetricamente executados e  reforça a boa forma e plasticidade dos corpos tanto da modelo quanto do cantor. A interação é perfeita. É a dança da sedução.  É Michael em plena forma.

michael and naomi

Um detalhe curioso dos bastidores, que não poderia passar desapercebido, é que a voz da garota denominada na faixa do álbum como Mistery Girl é da princesa Stéphane de Mônaco, e não da Naomi.

Enfim, fica no ar o seguinte questionamento: ambos os clipes não se parecem em sua estética e concepção? Ou será fruto de minha fértil imaginação?

Creio que não.  Aonde quero chegar tudo isso?

Desconheço a história do relacionamento entre irmãos, mas é certo que as influências que um exerce sobre o outro estão aí, de forma clara, para quem quiser ver.

Assista ao clipe da música Scream de 1995. O vídeo P&B remete às histórias de mangá. E é nesse cenário futurístico que os dois brothers executam complicados e vigorosos passos de dança. E comprovam que talento vem de berço.

scream

Acompanhe-nos em nossa redes sociais:

Facebook * Twitter * Google Plus

Comments

comments

Previous Story
Next Story

You Might Also Like

No Comments

Deixe uma resposta