Filme: Mesmo se nada der certo

- Filmes

mesmo-se-nada-der-certo-filme

Gretta não sabe mentir para si mesma. Não finge que sente. Não finge que não sente.  Sabe as suas inseguranças e defeitos e não os disfarça. Seu ar de “não sei” é autêntico e imune à sedução do Marketing pessoal. Gretta compõe. Parece conhecer bem as canções que moram em seu coração, pois as transpõe para o concreto muito bem. Ela sabe, inclusive, aquelas canções cujos arranjos sequer consegue decifrar. No início, sai um lalarilalá errático, quase surrado. Tudo fruto da sua insegurança em achar que as pessoas pararão para ouvi-la da maneira com que ela sonhou que seria. Até que Gretta encontra um Dan perto de si. E quando encontra nele uma escuta entendida e avalizada, a sua canção implode metamorfoseada em algo totalmente diferente. Mais bem-acabado. Sua música torna-se carregada de força, segura de si, ainda que modulada com a assinatura de sua voz pequena. Gretta sabe que sua música não precisa de grandes palcos. Nem de cosméticos. Antes fracassar pela originalidade do que ser bem-sucedida na mediocridade. Sua obra só precisa da verdade contida na criação, com base nas histórias vividas e nas que hão de vir. Só precisam de ouvidos que saibam ouvir. E fim? Bem, deixe que a bela trilha sonora do filme o conduza ao the end. O filme é super fofo, sem ser enjoativo.

Logo-coluna-Sentindo

colagem-mesmo-se-nada-der-certo

1. Veja bem: tudo que eu disse acima, não se aplica somente à musica, não. Quer saber?  Eu acho que Gretta e Dan descobriram algo importante sobre como resolver problemas: fazer. Ligia Giatti tem uma fala sensacional sobre isso.

2. À flor da pele: O filme fala de conexões. Sobre como elas nascem do inesperado, mas são fáceis de passar em branco quando falta em nós sintonia. Reciprocidade é beleza rara, mas acontece. Que saibamos identificá-las no nosso dia-a-dia.

3. Toda ouvidos: Existe o gênero aventura musical? Só sei que esse filme faz todo o gênero.

4. Mete o nariz: Na linha “Eu nasci para cantar”, a galerinha do longa animado “Sing – Quem canta seus males espanta” deixa o seu recado: Estreia prevista para dezembro desse ano.

5. É de dar gosto: Uma das partes da qual mais gostei. Como funciona a mente criativa de um produtor musical.

Sabe? Fizemos uma festinha aqui em casa, com filmes, jogos e muita comilança. E o filme “Mesmo se nada der certo” abriu a nossa festa temática “Cinema em casa”. Aguarde, em breve, o relato da festa.

Acompanhe-nos em nossa redes sociais:

Facebook * Twitter * Google Plus

Comments

comments

Previous Story
Next Story

You Might Also Like

No Comments

Deixe uma resposta